Twitter

CUT AL > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > ANESTESISTAS PEDEM APOIO DA CÂMARA EM NEGOCIAÇÃO COM SMS

Anestesistas pedem apoio da Câmara em negociação com SMS

04/04/2012

Grevistas recorrem a Câmara de Vereadores para sensibilizar prefeitura.

Escrito por: Alagoas24horas

 

 

 

Uma comissão formada por anestesistas alagoanos estiveram na manhã desta terça-feira, dia 03, na Câmara de Vereadores de Maceió em busca de apoio dos edis para sensibilizar a prefeitura quanto ao repasse do SUS à categoria.

Em greve desde o dia 14 de março, a Comissão se reuniu com o presidente da casa, Galba Novaes (PRB), e com os vereadores Heloísa Helena (PSOL) e Théo Fortes (PTdoB). Segundo um dos membros da comissão, Dário Braga, há 15 anos os médicos anestesistas não recebem reajuste e desde outubro de 2011 a categoria se reuniu com o secretário municipal de saúde, Adeilson Loureiro, cobrando uma postura da prefeitura. Passados os seis meses pedidos pelo secretário, a categoria decidiu cruzar os braços até que o impasse chegue ao fim.

Ainda de acordo com Braga, durante uma reunião da classe com o secretário realizada no Hospital Sanatório, nesta segunda, 2, Adeilson ameaçou fechar o centro cirúrgico do Hospital Sanatório, transformando-o em clínica médica - a exemplo do que aconteceu com a unidade de saúde Paulo Neto – caso os anestesistas não decretem o fim da greve até sexta-feira próxima, dia 6. No caso disso acontecer Dário Braga declarou que o estado perderia 300 leitos cirúrgicos.

O anestesista também repassou alguns números que, segundo ele, comprovariam a defasagem dos valores repassados no estado. “A média do valor repassado a um anestesista em uma cesárea no estado é R$ 45, a média do nordeste é R$ 333 e em Pernambuco se paga R$ 387. O mesmo acontece com operação de vesícula, enquanto aqui se paga R$ 74, a média do nordeste é R$ 452”, revela o grevista.

O resultado do encontro rendeu a formação de uma comissão por parte da Câmara, formada por Galba, Helóisa e Théo. Os edis devem se reunir, ainda sem data definida, com o prefeito de Maceió, Cícero Almeida (PP) para discutir a questão.

Com a indefinição, os 80 anestesistas pertencentes à Cooperativa de Anestesiologistas de Alagoas continuam em greve. Quanto à ameaça de descredenciamento do Sistema Único de saúde (SUS), a categoria disse que irá esperar posicionamento dos órgãos competentes antes de qualquer decisão.

Outras atividades

A manhã na Casa de Mário Guimarães foi ‘agitada’. Os vereadores votam hoje projetos de gratificações de diversas secretarias, como SMCCU, Planejamento, Infraestrutura, Semel; além do PCC dos odontólogos. A expectativa dos vereadores é pela aprovação dos projetos.

Com referência à paralisação dos enfermeiros durante todo o dia de ontem, a vereadora Fátima Santiago (PP) foi categórica e disse que a classe não terá o PCC aprovado hoje por falta de mobilização. “Na época em que nos reunimos não houve mobilização da classe. Tenho acompanhado o caso. Hoje o PCC da categoria está na Procuradoria Setorial da Secretaria de Saúde,” concluiu a vereadora.

Segundo o vereador Ricardo Barbosa (PT), em caráter de urgência também será lido hoje o projeto de gratificação de Secretaria de Educação que deve ser votado na quarta-feira, 4.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DE ALAGOAS
Rua General Hermes, 380 | Cambona | CEP 57017-200| Maceió | AL
Fone: (55 82) 3221.6794 - (55 82) 3336.8786| www.cut-al.org.br | e-mail: cutalagoas@gmail.com