Twitter

CUT AL > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > SINDICATO DENUNCIA MANOBRA DA ELETROBRAS EM ELEIÇÃO PARA CONSELHO DA ESTATAL‏.

Sindicato denuncia manobra da Eletrobras em eleição para Conselho da Estatal‏.

06/03/2012

Segundo a presidenta do Sindicato Amélia Fernandes, a Eletrobras está tentando prejudicar a Chapa 1

Escrito por: Sindicato dos Urbanitários de Alagoas

 

O Sindicato está participando, através da indicação do nome de Nestor Powell e Roberval Cassiano, que compõem a Chapa 1, da eleição para escolha do representante dos/as trabalhadores/as no Conselho de Administração da Eletrobras Distribuição Alagoas. A eleição ocorre nos dias 06 e 07 de março, com votação em todo o Estado, das 8:00h ás 17h30min no dia 06/03 e das 8:00h às 17:00h no dia 07/03. São eleitores todos os empregados ativos da Eletrobras Distribuição Alagoas. A votação será de forma direta, secreta, com votação manual, via cédula. Na CHESF, os Urbanitários apóiam a Chapa 4, através das candidaturas de Edvaldo Gomes – titular e Iranilton Leal – suplente.

Esse direito, há muito reivindicado pelos/as trabalhadores/as, através do Movimento Sindical, foi recentemente conquistado através do Decreto Lei Nº 12.353, de 28 de dezembro de 2010, do Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Neste sentido, a diretoria do Sindicato está convocando a categoria “para votar na única candidatura que representa verdadeiramente o projeto dos/as trabalhadores/as da Eletrobras Distribuição Alagoas, que é a Chapa 1, dos companheiros Nestor Powell e Roberval Cassiano. As vagas em disputa para os Conselhos de Administração são dos/as trabalhadores/as e devem ser ocupadas por representantes legítimos da classe trabalhadora, lutadores/as em prol dos interesses da categoria. Não podemos abdicar dessa conquista”, declara.

Segundo a presidenta do Sindicato Amélia Fernandes, a Eletrobras está tentando prejudicar a Chapa 1, apoiada pelo Sindicato, indo de encontro ao próprio governo federal, que instituiu esta eleição. Ela denuncia que a empresa está descumprindo a determinação da Comissão Eleitoral, constituída para realizar a eleição para escolha dos representantes dos/as trabalhadores/as ao Conselho de Administração da empresa, ao cancelar as urnas itinerantes que fariam o recolhimento dos votos nos diversos municípios. “Essa decisão prejudica, de forma suspeita, o andamento do processo democrático, dificultando o acesso ao voto por parte dos eleitores”, afirma à sindicalista.

A empresa alega que não possui recursos para viabilizar os automóveis que fariam esse trabalho. No entanto, diz Amélia, “a empresa possui automóveis próprios que poderiam ser disponibilizados para esse serviço, sem custos adicionais e sem prejuízo do trabalho diário da Eletrobras, cumprindo assim a determinação da comissão eleitoral e contribuindo para o processo democrático”.

Amélia diz que o Sindicato não aceita esta postura da empresa ao tentar prejudicar o processo de livre escolha dos seus representantes pelos/as trabalhadores/as e estranha o fato dessa suspensão ter ocorrido na véspera da eleição, visto que as Chapas 2 e 3 também foram contra a existência dessas urnas itinerantes. “Fica parecendo que essa decisão é uma contribuição às chapas concorrentes, em prejuízo da Chapa 1, publicamente vista como a legítima representante da categoria, por ser apoiada pelo Sindicato”, declara.

A sindicalista afirma que “esta eleição não é uma disputa qualquer. Trata-se de uma luta de trinta anos cujo resultado depende da unificação dos/as trabalhadores/as em torno de candidaturas que efetivamente os/as representem. Esses/as conselheiros/as devem possuir a articulação necessária para participar ativamente em defesa dos interesses da categoria. Não se trata apenas de conhecer os números, solicitar informações ou propor soluções, mas sim de saber como agir estrategicamente em favor dos/as trabalhadores/as que os/as elegeram. Não há dúvidas de que a empresa articula seu time e tem estratégias montadas de acordo com seus interesses. Por esse motivo a categoria deve ter clareza de qual chapa está verdadeiramente à disposição da classe trabalhadora”, conclui Amélia.

Ascom

Sindicato dos Urbanitários de Alagoas*

Fone: (82) 3221-0880 / Fax (82) 3221-7286

Home: www.urbanitarios-al.com

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DE ALAGOAS
Rua General Hermes, 380 | Cambona | CEP 57017-200| Maceió | AL
Fone: (55 82) 3221.6794 - (55 82) 3336.8786| www.cut-al.org.br | e-mail: cutalagoas@gmail.com