Twitter

CUT AL > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > ATO CONTINENTAL REÚNE 600 PELA RETIRADA DAS TROPAS DA ONU DO HAITI

Ato Continental reúne 600 pela retirada das tropas da ONU do Haiti

08/11/2011

cinco de novembro, Salão da Câmara Municipal de São Paulo

Escrito por: CUT-AL

 

 

 

Com a presença de 600 pessoas, vindas de 11 Estados brasileiros, e uma mesa formada por participantes

de sete países – EUA, Haiti, Bolívia, Argentina, Uruguai, França e Brasil -, realizou-se neste sábado, na Câmara

Municipal de São Paulo, um Ato Continental pela Retirada das Tropas da ONU que ocupam militarmente o

Haiti desde 2004.

Após quatro horas de atividade, onde se ouviram os depoimentos de delegados dos países presentes e,

sobretudo, do representante do Haiti, Fignolé St Cyr, dirigente da Central Autônoma dos Trabalhadores do

Haiti, os participantes firmaram o “Compromisso de São Paulo”, onde se comprometem continuar a ampliar a

campanha em todo o continente, e a realizar atos em todos os países em 1º de junho do próximo ano.

Começando com a exibição de vídeos do Haiti, e de uma apresentação musical de grupos de rap, o ato

político foi aberto pelo deputado estadual Adriano Diogo (PT/SP), um de seus organizadores, que destacou que,

para militares brasileiros, a ação armada no Haiti é um laboratório, cujas ações são depois estendidas na

repressão ao povo brasileiro.

Em nome da CUT, Julio Turra explicou que a central considera a presença das tropas estrangeiras

atentatórias à soberania do Haiti. Joaquim Piñero, do MST, relatou a ação de solidariedade internacional

expressa no envio de uma brigada de militantes para o Haiti. Markus Sokol, da Corrente O Trabalho do PT,

destacando que a ocupação do Haiti corresponde aos interesses dos Estados Unidos contra a soberania dos

povos do continente, concluiu: “exigimos com ainda mais ênfase do governo que elegemos, da presidente

Dilma, a retirada unilateral das tropas, que violam a soberania de um país irmão”.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DE ALAGOAS
Rua General Hermes, 380 | Cambona | CEP 57017-200| Maceió | AL
Fone: (55 82) 3221.6794 - (55 82) 3336.8786| www.cut-al.org.br | e-mail: cutalagoas@gmail.com