Twitter

CUT AL > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > GREVE NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO.

Greve no Hospital Universitário.

16/06/2011

Escrito por: Alagoas 24 Horas/Arquivo

 

 

A greve dos servidores da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), deflagrada nesta quarta-feira, 15, durante assembleia geral de servidores, no estacionamento do Hospital Universitário (HU) causará transtornos a população alagoana. Como apenas 30% dos serviços serão mantidos, conforme prevê a legislação, ficam suspensos internamentos e posteriormente consultas e exames.

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Ufal, Samuel Correia, a greve se dará de forma gradativa. “O comando de greve realizou visitas setoriais para estudar uma forma de deflagrar a greve sem ônus para a população. Desta forma, o número de consultas e exames irá reduzir gradativamente, à medida que os servidores forem aderindo à paralisação”, explicou Correia.

A paralisação nacional foi deflagrada no dia 6 de junho em alguns estados. Em Alagoas os funcionários da Ufal decidiram manter os serviços em função da eleição para reitor da universidade, ocorrida no dia 9 de junho.

Os sindicalistas alertam à população que procurem o HU apenas em casos de urgência e emergência, nos demais casos o paciente terá que procurar outras unidades de saúde, porque os serviços estarão suspensos.

Os estudantes universitários também estão com aulas suspensas nos campi de Masceió e interior do Estado.

Reivindicações

Cerca de 2,5 mil funcionários deverão cruzar os braços nos próximos dias. Samuel Correia afirma que a greve da categoria não tem motivação apenas salarial, mas está ligada à busca da garantia de direitos. Como exemplo Correia citou o projeto de lei 549/2009 que versa sobre o congelamento salarial dos servidores e que vai aniquilar o Plano de Cargos e Carreiras (PCC) da categoria.

A mobilização também diz respeito ao congelamento do incentivo à qualificação. Segundo o Sintufal, o Governo Federal quer transformar o percentual oferecido pelo benefício num valor fixo. E o terceiro ponto de pauta é o reposicionamento do aposentado, cujo salário está defasado.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DE ALAGOAS
Rua General Hermes, 380 | Cambona | CEP 57017-200| Maceió | AL
Fone: (55 82) 3221.6794 - (55 82) 3336.8786| www.cut-al.org.br | e-mail: cutalagoas@gmail.com