Twitter

CUT AL > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > DEPOIS DA BAHIA, POLICIAIS AMEAÇAM ENTRAR EM GREVE EM DEZ ESTADOS

Depois da Bahia, policiais ameaçam entrar em greve em dez Estados

09/02/2012

A paralisação deve ocorrer caso o Congresso não desengavete a PEC 300,

Escrito por: Informação do SINDPOL-Al.

A paralisação deve ocorrer caso o Congresso não desengavete a PEC 300, que estabelece piso salarial nacional para policiais

A reboque do protesto que ocorre na Bahia, associações de soldados e cabos em dez Estados ameaçam também entrar em greve caso o Congresso Nacional não desengavete a tramitação da chamada PEC 300, que estabelece o piso salarial nacional para os policiais militares.

Os Estados considerados em “iminência” de paralisação, segundo blogs que acompanham a greve dos policiais, são Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso, Tocantins, Alagoas e Roraima.

“As greves têm 100% a ver com a paralisação da PEC 300. Embora seja a última alternativa, existe sim a iminência de que ela se alastre por outros Estados”, afirma o soldado Fernando Almança, criador do blog pec300.com, e que atua em Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo.

Além da Bahia, pelo menos nove outros Estados já deflagraram greve nos últimos anos: Amazonas, Rondônia, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Alagoas, e Rio de Janeiro.

O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), nega que haja pressão sobre o Congresso para aprovar a PEC 300. “Não podemos misturar uma coisa com a outra, são completamente diferentes”, disse ontem o petista. “O tema da remuneração dos servidores públicos estaduais precisa ser discutido nos Estados. Não podemos trazer de forma nenhuma esse debate para o Congresso Nacional”.

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DE ALAGOAS
Rua General Hermes, 380 | Cambona | CEP 57017-200| Maceió | AL
Fone: (55 82) 3221.6794 - (55 82) 3336.8786| www.cut-al.org.br | e-mail: cutalagoas@gmail.com