Twitter

CUT AL > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > DILMA E MINISTROS DIVULGAM AÇÕES DO 'BRASIL SEM MISÉRIA' EM AL

Dilma e ministros divulgam ações do 'Brasil Sem Miséria' em AL

23/07/2011

Escrito por: Da Agência Brasil

 

Os assessores do Governo Federal concederam entrevista coletiva para apresentar um panorama atual do Plano Brasil Sem Miséria, lançados pela presidente Dilma Rousseff.

 

Assessores do Governo Federal concederam, na tarde desta sexta-feira, 22, em Maceió, uma entrevista coletiva para apresentar dados a respeito do primeiro evento regional sobre o Plano Brasil Sem Miséria, que acontece na próxima segunda-feira, 25, em Arapiraca, com a presença da presidente Dilma Rousseff (PT) e dos governadores do Nordeste.

A presidente, junto com sua comitiva composta por seis ministros e assessores, chega ao Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares às 10h30 de segunda-feira. Após o desembarque, Dilma Roussef segue para cidade de Arapiraca.

Durante o encontro, Roussef assinará um pacto de extinção da miséria com os governadores e irá anunciar o repasse de recursos para incentivo de produção agrícola e convênios com a rede privada e pública para escoar essa produção.

"Esse é o primeiro evento regional do Brasil Sem Miséria, que tem como objetivo superar a miséria do país até 2014 com o apoio dos governadores e prefeitos. Em Arapiraca, será divulgado o plano e ainda apresentados projetos em desenvolvimento", informou Maya Takagi, Secretária de Segurança Alimentar do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

Estatísticas

Dados dos assessores apontam que 60% dos brasileiros - ou 9,6 milhões - que vivem em extrema miséria se concentram no Nordeste. Destes, seis milhões estão na área rural.

Para minimizar essas condições adversas, três pontos serão implantados: geração de renda, inclusão produtiva (urbana e rural) e acesso aos serviços básicos.

A estratégia do Governo Federal é fazer com que as famílias tenham condições de produzir e gerar renda. Para isso, será lançada uma chamada pública para contratação de técnicos para atenderem 15 mil famílias no Nordeste, sendo 1.120 no Agreste alagoano.

Paralelo ao Programa Bolsa Família, os beneficiários receberão R$ 2.400 de fomento ao plano de inclusão produtiva. “O fomento é para que as famílias produzam sustento e renda. Haverá ainda a distribuição de sementes e acesso aos programas para comercialização dos produtos agrícolas produzidos”, afirmou Laudemir Müller, secretário de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário.

O Plano também engloba programas relacionados à saúde das famílias. Conforme informações do coordenador substituto de Gestão de Atenção Básica do Ministério da Saúde, Aristides Oliveira, construção e qualificação das unidades básicas de saúde, ampliação do acesso à saúde bucal e oftalmológica, além de acesso a água fazem parte dos benefícios do programa.

Saúde

Para a saúde, os recursos estão na ordem de R$ 700 milhões e devem ser investidos até 2014. Só em saneamento serão investidos R$ 220 milhões no semi-árido de nove estados nordestinos.

O decreto do Programa Água Para Todos também será assinado pela presidente durante o encontro com os governadores.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DE ALAGOAS
Rua General Hermes, 380 | Cambona | CEP 57017-200| Maceió | AL
Fone: (55 82) 3221.6794 - (55 82) 3336.8786| www.cut-al.org.br | e-mail: cutalagoas@gmail.com